Sistema desenvolvido em parceria com a USP, monitora qualidade do ar em tempo real

Desenvolvido em parceria com uma equipe da Escola Politécnica da USP (Universidade de São Paulo), o sistema de monitoramento contínuo dos parâmetros da qualidade do ar foi apresentado ao mercado pela Ecoquest durante a 21ª Febrava, neste mês de setembro. Preciso, ele é capaz de fazer a aferição dos principais marcadores com custo bem menor do que os sistemas disponibilizados pelos concorrentes internacionais.

O sistema de monitoramento chamou a atenção dos visitantes da Febrava. Um experimento apresentado no estande da Ecoquest mostrou como ele funciona na prática. Semelhante a um GPS, ele aponta por meio de gráficos a situação do ar do ambiente interno. É possível, inclusive, acompanhar os números à distância, por meio de um aplicativo de celular. A possibilidade de averiguar a qualidade do ar em tempo real é importante porque permite ações rápidas sempre que surgirem anomalias, inclusive a necessidade de manutenção das soluções de descontaminação do ar aplicadas no ambiente.

“O sistema de monitoramento contínuo dos parâmetros da qualidade do ar faz a aferição precisa dos principais marcadores como partículas suspensas, níveis de CO2 e de CO, temperatura e compostos orgânicos voláteis. A leitura dos dados é simples e fácil e o custo bastante acessível”, conta Henrique Cury, diretor geral da Ecoquest e membro do Qualindoor, Departamento Nacional de Qualidade do Ar Interno da ABRAVA (Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento).