Plano Nacional de Qualidade do Ar Interior ganha comitê gestor

Com o objetivo de desenvolver ações de forma colaborativa para a mobilização da sociedade e para a adoção de medidas capazes de promover a qualidade do ar em ambientes internos, a Qualindoor, departamento de Qualidade do Ar Interior da ABRAVA, está liderando a criação do Plano Nacional de Qualidade do Ar Interno (PNQAI), cujo comitê gestor foi estabelecido no último dia 31 de março.

O encontro reuniu cerca de 70 profissionais de 30 entidades como Fiocruz, Associação Paulista de Medicina, CREA de vários Estados, Senado Federal, Green Building Council e Ashrae Brasil Chapter.

“A criação do PNQAI (Plano Nacional de Qualidade do Ar Interno), marca mais um grande feito da nossa Associação em prol do setor AVACR e da sociedade Brasileira, com relação à saúde de toda população. A proposta deste Plano é ganharmos experiência em conjunto com as entidades interessadas para transformar nossos conhecimentos em ações, com maior valor técnico para a saúde, reconhecido e percebido pela sociedade”, declarou o Presidente da ABRAVA, o Eng° Arnaldo Basile.

O PNQAI conta em especial com três especialistas como conselheiros voluntários, e que durante a reunião destacaram alguns pontos relevantes para com o PNQAI, são eles:

. O Eng° Antonio Luis Mariani/LEQAI/USP destacou a importância do PNQAI diante de questões técnicas ligadas a ventilação e o uso do ar-condicionado neste cenário de pandemia do coronavírus.

. O médico Dr. Gonçalo Vecina, salientou a importância do envolvimento multisetorial face às novas propostas técnicas que surgiram no mundo no último ano e que precisam de profissionais especializados na comprovação cientifica e estudos laboratoriais para formação de um senso comum na sociedade, e destacou ainda a importância da busca de soluções globais uma vez que a situação está em todo o mundo, e desejou sucesso ao movimento de união de atores que o PNQAI irá proporcionar.

. O médico Paulo Saldiva que destacou que para o controle preventivo ao coronavírus, além da vacinação, protocolos exigidos como máscaras e álcool gel, distanciamento social, uma das ações mais importantes neste momento é permitir a circulação do ar com a ventilação nos ambientes internos, sendo essas ações complementares para diluição dos contaminantes eventualmente presentes no ar;

Houve apresentação do Plano ao mandato da Senadora Mara Gabrilli, que levou a temática da Qualidade do Ar Interno para o plenário do Senado Federal, colocando em pauta a oportunidade da atualização da Constituição Federal garantindo a todos os brasileiros o direito fundamental a um ar de qualidade, inclusive em ambientes internos, ganhando força e apoio de pelo menos 30 Senadores.

Henrique Cury, diretor da Ecoquest e um dos gestores do PNQAI, reafirma a importância dia normatização de procedimentos e tecnologias, fazendo com que a qualidade do ar interno seja um conceito cada vez mais difundido e um direito garantido a todos os brasileiros.