Ecoquest reúne instaladores e projetistas em encontro, em São Paulo

A Ecoquest organizou no dia 13 de agosto, no CTE – Centro Tecnológico de Edificações, dois encontros envolvendo profissionais e empresários do setor para apresentar a terceira geração de soluções para descontaminação e purificação do ar de ambientes internos. No período da manhã, o evento reuniu 20 projetistas, entre os mais renomados do mercado. No final da tarde, outra apresentação: desta vez para 15 representantes das mais importantes empresas de instalação de sistemas de ar-condicionado e de purificação de ar do país.

O encontro contou com a participação dos diretores da Ecoquest, Henrique Cury e Manoel Gameiro, e também com o CEO da Aerus Holding, Joe Urso. A Aerus fica sediada no Texas (EUA), fornecedora das tecnologias disponibilizadas no Brasil exclusivamente pela Ecoquest. Durante a apresentação, Urso explicou que a nova geração foi testada pela FDA (Food and Drug Administration). O próximo passo é que o FDA certifique a tecnologia com a classificação de Medical Device Class II, que está em pleno processo de validação e deve ocorrer até o final do ano.

Na sequência, o diretor da Ecoquest, Manoel Gameiro, fez uma rápida apresentação sobre as especificidades e funcionalidades dos sistemas para descontaminação do ar, além de apresentar uma tabela que auxilia a usar o equipamento certo conforme o tamanho do local a ser tratado. “É preciso considerar não só o espaço, mas também o tipo de problema para dimensionar corretamente a potência e número de equipamentos a serem instalados”, comentou Gameiro.

Os participantes do encontro gostaram das explanações e entenderam que a nova geração pode agregar valor ao trabalho de instaladores e projetistas e, ao mesmo tempo, atender uma crescente demanda por mais qualidade de vida.

“O produto apresentado é sensacional. Até porque a cultura está mudando e há uma tendência das pessoas buscarem formas de tornarem suas vidas mais saudáveis. Ter um ar mais limpo, mais puro dentro de casa é uma dessas demandas”, comentou o diretor da empresa Sistema Ar-Condicionado, Luiz Caetano.

Jefferson Daud, diretor da Isolev Ar-condicionado e Ventilação, concorda com a opinião de Caetano. “Foi um encontro elucidativo. Isso aqui é o futuro, até porque o sistema de descontaminação funciona como descrito e tem muita gente preocupada com o ar que respira”, comentou.