Deborah Birx alerta para a importância do compartilhamento de dados sobre QAI dentro das empresas

Deborah Birx, a mulher que liderou a resposta ao coronavírus nos Estados Unidos no ano passado, alertou em uma recente entrevista para a importância do compartilhamento de dados sobre a qualidade do ar interno no incentivo à volta aos escritórios.

A médica e cientista, que agora é a consultora da ActivePure, parceira norte americana da Ecoquest, observa que empresas privadas são muito relutantes em compartilhar dados, o que é fundamental para ganhar a confiança das pessoas que devem retornar a ambientes fechados.

 “Se conseguirmos fazer com que as empresas sigam, rastreiem e relatem dados, tanto referentes à qualidade do ar interno quanto a outros protocolos de saúde, logo teremos um entendimento muito claro do que funciona e do que não funciona no local de trabalho”, disse ela.

É fundamental para o setor privado continuar a ser líder em saúde e segurança, disse Birx, uma vez que os governos deixaram de lado as mensagens sobre a pandemia. “O setor privado tem que ajudar a transmitir ao povo como é um ambiente seguro. Acho que é daí que a informação terá que vir a partir de agora”, disse Birx.

Embora os mais altos níveis de filtragem e desinfecção do ar habilitem os espaços para uma ocupação segura, Birx disse que levar o fator humano a sério é tão importante quanto, comunicando de forma clara e acessível quais medidas estão sendo tomadas e como isso impacta na saúde das pessoas. Segundo a médica, somente uma grande dose de transparência pode aumentar o nível de confiança do funcionário para retornar ao local de trabalho.

Fonte: https://www.bisnow.com/new-york/news/office/dr-deborah-birx-on-why-private-companies-should-lead-the-charge-on-a-safe-office-return-111284