Como evitar mau cheiro em restaurantes?

Você já entrou em um restaurante e saiu com o cheiro da fritura em suas roupas ou cabelos? Pior que isso, já imaginou ser dono de um restaurante e perder a clientela por causa desses odores? Os restaurantes, bares e lanchonetes devem ter a preocupação de manter seus ambientes agradáveis, livres dos odores de comida, de gordura, além de saudáveis e sem contaminação.

fritura

 

O aniversário de namoro de Marcela e João teve um desfecho bem parecido com esse cenário. Eles planejaram jantar em um restaurante da moda e como adoravam peixe e frutos do mar, foram conhecer um no bairro onde moravam.

Marcela ficou incomodada desde o começo, mas João havia gostado do local, então resolveram ficar e aproveitar a noite. Passado alguns minutos, começaram a sentir um cheiro forte de peixe e de gordura, além de muita fumaça.

Mesmo sendo uma questão preocupante, é muito comum esse tipo de problema em restaurantes e outros estabelecimentos de alimentação. Normalmente, isso ocorre devido a falhas no sistema de exaustão e ventilação ou ainda em função da inexistência de sistemas corretos de tratamento de odores e fumaça. Além dos próprios frequentadores do espaço, existem casos que até vizinhos sofrem com o mau cheiro.

anvisaEra uma situação insuportável e o casal decidiu cancelar o pedido e reclamar com a gerência. Paulo, responsável pelo local, ficou mais uma vez sem graça, pois muitas pessoas já haviam reclamado antes. Marcela e João foram embora e passaram seu aniversario de namoro em uma pizzaria que conheciam no bairro vizinho. Um momento que era para ser especial acabou sendo bem constrangedorNo dia seguinte, a reclamação não saia da cabeça de Paulo, ele precisava fazer algo. Decidiu pesquisar alguma forma de eliminar aqueles odores e a fumaça de gordura. Ele descobriu que há no mercado soluções para a prevenção e a correção de contaminação do ar interno e que, ainda, são sustentável.

normaO Brasil já conta com tecnologias ativas de eliminação de impurezas e odores do ar. Essas tecnologias emitem oxidantes naturais, que vão até o foco da contaminação, formação de gases e microorganismos, e os eliminam. Essas soluções são diferentes da tecnologia existente hoje no país, que atuam de forma PASSIVA, esperando os contaminantes chegar até eles, sem realizar o tratamento do as e das superfícies e sem efeito sobre odores. Livre de produtos químicos, as tecnologias ativas imitam os processos da própria natureza de limpeza e removem os odores e as ameaças biológicas do ar e superfícies.

Paulo escolheu trabalhar com uma empresa especializada em soluções sustentáveis e integradas para o tratamento do ar em ambientes fechados, com vistas à segurança, higiene e bem estar para os usuários.  Alguns meses após o ocorrido, Paulo se sentia orgulhoso e seu chefe conseguiu abrir uma nova franquia do restaurante, mostrando qualidade, desde a comida, até o ar interno.

Essa é uma história fictícia, mas baseada em relatos reais da EcoQuest do Brasil, seus clientes e parceiros. Paulo, Marcela e João são apenas personagens para ilustrar a busca pelo conhecimento e melhor qualidade do ar.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>